Esportes

Com gol no fim, Inter vence Ponte e segue na briga pelo G4

O triunfo chega no momento exato para o Internacional

Diego Alves Publicado em 07/11/2015, às 21h46

None
vitinhointerxpontegustavogranataagifgazeta.jpg

O triunfo chega no momento exato para o Internacional

Em confronto que abriu a 34ª rodada do Campeonato Brasileiro , o Internacional se livrou por pouco de um tropeço que custaria caro. Em partida bastante aberta com a Ponte Preta , contou com gol de Vitinho, aos 42 do segundo tempo, para celebrar vitória por 1 a 0 no Estádio Beira-Rio.

O triunfo chega no momento exato para o Internacional, que se recupera de derrota sofrida para o Goiás na rodada passada. Agora com 53 pontos, joga pressão em Santos e São Paulo, que entram em campo no domingo. O compromisso seguinte do Colorado é fora de casa contra a Chapecoense , no próximo dia 19.

Já a Ponte Preta segue em desvantagem na corrida por vaga no G4, ficando à margem de onde a disputa é mais acalorada. Com 50 pontos, pode ver a diferença para a zona de classificação à Copa Libertadores aumentar. A equipe campineira tenta reagir contra o Figueirense , no dia 18.

O jogo – Quatro minutos de jogo foram suficientes para a defesa pontepretana se complicar e dar presente a Vitinho, mas o atacante retribuiu a bondade perdendo o gol. A indecisão também marcou presença na área do Inter, onde Clayson por pouco não aproveitou a discordância entre Alisson e Rodrigo Dourado.

Passado o susto, o goleiro colorado apareceu bem em batida colocada de Clayson, aos 19 minutos. Marcelo Lomba também não deixou a desejar do outro lado, espalmando dois chutes de Vitinho.

O jogo aberto permitia boas chances para ambas as equipes, mas o primeiro tempo não foi capaz de tirar o zero do placar. Mesmo pressionando e conseguindo as infiltrações, a Ponte não conseguiu o mais simples: Renato Chaves furou dentro da pequena área e perdeu grande chance.

A intensidade da marcação da Macaca amarrou o Inter, que foi salvo por grande defesa de Alisson no início do segundo tempo. Por alguns momentos o Inter até se acalmou, estando mais solto, mas um contragolpe só não pôs tudo a perder porque o pontepretano Alexandro desperdiçou.

Um chute forte de Vitinho passou perto do travessão de Lomba, acordando o Internacional no jogo. Depois foi a vez de Juan levar perigo, desviando cruzamento fechado de D’Alessandro. No auge da pressão, a bola rodou dentro da área da Macaca até Vitinho encher o pé e definir o placar.

O tempo fechou depois do gol porque a Ponte Preta reclamou de falta de fair play por parte do Inter. Alexandro tinha colocado a bola para a lateral, assim Biro Biro poderia ser atendido, mas em vez de devolver o Colorado foi para cima. Tentando responder à polêmica, a Ponte quase empatou em cabeceio do próprio Alexandro quando Alisson falhou ao tentar cortar cruzamento.

Internacional 1 x 0 Ponte Preta

Local : Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Data : 7 de novembro de 2015, sábado

Horário : 17 horas (de Brasília)

Árbitro : Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)

Assistentes : Márcio Eustáquio Santiago (MG) e Pablo Almeida da Costa (MG)

Cartões Amarelos : Alisson Farias e Anderson (Internacional); Ferron, Gilson, Marcelo Lomba e Alexandro (Ponte Preta)

Gol : Vitinho, aos 42 minutos do segundo tempo

Internacional : Alisson; William, Paulão, Juan e Ernando (Artur); Rodrigo Dourado, Nilton (Anderson), Valdívia e D’Alessandro; Vitinho e Lisandro López (Alisson Farias). Técnico : Argel Fucks

Ponte Preta : Marcelo Lomba; Jefferson, Renato Chaves, Ferron e Gilson; Fernando Bob, Elton (Borges), Clayson (Leandrinho) e Cristian (Adrianinho); Biro Biro e Alexandro. Técnico : Felipe Moreira

Jornal Midiamax