Esportes

Ausência de Rogério Ceni antecipa início do rodízio de goleiros na meta do São Paulo

Dênis e Renan Ribeiro devem revezar na meta do Tricolor

Midiamax Publicado em 30/10/2015, às 18h39

None
20151030102132388680a.jpg

Dênis e Renan Ribeiro devem revezar na meta do Tricolor

A lesão no tornozelo direito de Rogério Ceni dará início precoce a uma medida já alardeada pelo técnico Doriva para 2016: o rodízio de goleiros no São Paulo. Sem estabelecer quem é o segundo arqueiro em preferência no elenco, o treinador deve dar ao menos uma oportunidade de iniciar jogos para Denis e Renan Ribeiro na sequência do Campeonato Brasileiro.

Pela lógica, o mais provável é que Renan seja o escolhido para atuar neste sábado (horário de Brasília), contra o Sport, às 17h, no estádio do Morumbi. De acordo com o rodízio adotado no banco de reservas, ele seria o suplente da vez caso Ceni tivesse condições de atuar, já que Denis foi para Vila Belmiro e até atuou durante 45 minutos na eliminação diante do Santos, pela Copa do Brasil.

Como o problema do capitão tricolor é considerado de gravidade moderada pela equipe médica do clube e deve afastá-lo pelo menos por dez dias dos gramados, Denis ainda terá a sua chance de ser titular: frente ao Cruzeiro, no Mineirão, no dia 8 de novembro.

Depois disso, os embates são talvez os mais difíceis até o encerramento da temporada. A equipe tem chances de ser fiel da balança na briga pelo título, pois encara o Atlético-MG, no dia 18, no Morumbi, e visita o Corinthians, quatr dias depois, em Itaquera.

A expectativa é que Ceni já esteja em condições de jogar a essa altura, mas, com recuperação mais lenta do que o usual nos últimos tempos, o ídolo da torcida pode ceder novamente o posto a um de seus reservas. Seria uma espécie de prenúncio do que deve se seguir em 2016.

Com contrato apenas até a última rodada do Nacional, o camisa 1 já assegurou que não vai renovar o vínculo e confia na dupla para poder substituí-lo. “Eles treinam bastante e, em meio a esse tempo no qual atuei pelo clube, já mostraram que podem defender o São Paulo”, disse Ceni, sem eleger um favorito na disputa. “Cabe ao treinador decidir”, encerrou.

Jornal Midiamax