A FGV (Fundação Getúlio Vargas) contabilizou 26.724 candidatos inscritos no Concurso Público de Servidores do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul, que tem 860 vagas para formação de cadastro reserva disponíveis entre os cargos de Analista Judiciário e Técnico de Nível Superior.

A prova será aplicada neste domingo (12), das 13 horas às 16h30, segundo o horário oficial de MS. Os locais de prova foram disponibilizados para consulta dos candidatos por meio do site da FGV.

Os candidatos terão que responder a 60 questões, sendo 15 de língua portuguesa e cinco de noções de legislação no módulo de conhecimentos básicos, além de 40 questões no módulo de conhecimentos específicos.

O gabarito oficial preliminar deverá ser divulgado no dia 14 de maio e o resultado preliminar no dia 10 de junho. A homologação do resultado final está prevista para o dia 23 de julho.

O concurso é realizado pela FGV e tem prazo de validade de dois anos a partir da homologação do resultado final, com a possibilidade prorrogação pelo mesmo período a critério do TJMS.

Número de inscritos e concorrência

A grande maioria dos inscritos se inscreveu aos cargos de Analista Judiciário – Área Fim, com 11.937 candidatos homologados, e Analista Judiciário – Área Meio, com 7.493 inscrições.

As vagas para Técnico de Nível Superior abrangem diversas áreas, incluindo Analistas de Banco de Dados, de Governança, de Infraestrutura de Redes, de Segurança de TI, de Sistemas, de Suporte de TI e de Web Designer, além de áreas como Contabilidade, Antropologia, Arquitetura, Arquivologia, Assistência Social, Biblioteconomia, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Estatística, Clínica Médica, Jornalismo, Nutrição, Odontologia e Psicologia.

Um total de 3.138 inscrições homologadas receberam isenção de pagamento, representando cerca de 11,7% do total. Essa isenção foi concedida aos candidatos em situação de vulnerabilidade socioeconômica, aqueles que realizaram doação de sangue ou de medula óssea, os convocados e nomeados pela Justiça Eleitoral de Mato Grosso do Sul para participar do pleito eleitoral, e os jurados que integraram o Conselho de Sentença nas Varas do Tribunal do Júri de Mato Grosso do Sul.