Aprovados para vagas de gestor e técnico de atividades no Aquário do Pantanal são convocados

Candidatos devem apresentar documentação para contratação e início imediato
| 03/05/2022
- 08:28
Aquário do Pantanal
Aquário do Pantanal, agora chamado de Bioparque Pantanal, nos altos da Avenida Afonso Pena, em Campo Grande. - Foto: Nathalia Alcântara -Jornal Midiamax

O Bioparque do Pantanal, também conhecido como Aquário do Pantanal, já tem o quadro de servidores das vagas de gestor e técnico de atividades selecionados. A SAD (Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização) e Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Familiar) divulgaram nesta terça-feira (3), no Diário Oficial de Mato Grosso do Sul, o resultado do processo seletivo.

Além da pontuação na fase de entrevista pessoal, o edital divulga classificação do candidato. Os aprovados devem entregar os documentos pessoais para a contratação, na sede da Imasul (Instituto de Meio Ambiente de MS), localizada na Avenida Desembargador Leão Neto do Carmo, Parque dos Poderes, em Campo Grande, na próxima quinta-feira (5), das 8h às 11h ou das 14h às 17h.

Clique aqui para conferir a lista.

Vagas no Aquário

Foram abertas apenas 10 vagas no certame, sendo sete para gestor, que irá atuar no manejo de peixes neotropicais, desenvolvendo atividades de manutenção de recintos (limpeza e organização); nutrição e alimentação de peixes ornamentais; contribuir com as atividades de alimentação de larvas e matrizes de reprodução; identificação e tratamento de patógenos do plantel; desenvolver protocolos para o manejo, bem-estar animal e reprodução de peixes ornamentais; acompanhar e analisar estudos para a conservação de espécies de peixes neotropicais; produção de relatório mensal; organizar e sintetizar em bancos de dados às informações sobre o manejo, qualidade de água, controle nutricional e biossegurança do plantel; e produção científica.

A carga horária é de 40 horas semanais, com salário de R$ 3.517,62. O candidato deve ter ensino superior em nível de graduação em Biologia, Veterinária e Zootecnia ou em outra que atue nas áreas de manejo de peixes ornamentais e aquicultura, inscrição no registro no respectivo conselho de classe, CNH (Carteira de Habilitação) categoria B e disponibilidade para viajar.

Já para o cargo de técnico ambiental, o candidato deve ter curso de ensino médio acrescido de curso de Auxiliar de Veterinária ou Curso Técnico Profissionalizante de Técnico em Agropecuária, Meio Ambiente ou Técnico Agrícola ou que atuem nas áreas de manejo de peixes ornamentais e aquicultura, fornecidos por instituição de ensino, reconhecida pelo Ministério da Educação, registro profissional regular no Conselho, quando couber, CNH de no mínimo na categoria “B” e disponibilidade para viajar.

Foram duas vagas para o técnico, com salário de R$ 2.748,88, carga horária de 40 horas semanais. Das funções do cargo, o candidato deve atuar nas dependências do empreendimento Bioparque e do Cras (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres), o qual dará apoio ao referido empreendimento, na execução de tarefas internas, tais como: auxiliar na coleta de material biológico para exames laboratoriais; manifestar paciência; executar técnicas de enriquecimento ambiental; prender animais em recintos, jaulas e bretes; registrar comportamentos estereotipados de animais; laçar animais; colocar animais em regime de jejum; monitorar temperamento de animais em quarentena; assessorar em pesquisas; demonstrar capacidade de decisão; monitorar comportamento materno; marcar plantel; prestar primeiros socorros a animais; aplicar curativos; amordaçar animais; plantar pastagens; estabelecer contato com animais; monitorar consumo de alimentos; demonstrar capacidade de organização lavar animais e recintos; transportar animais; planejar captura de animais.

Veja também

Últimas notícias