Cotidiano / Emprego & Concurso

De auxiliar administrativo a vigilante, Funsat tem 2 mil vagas de emprego nesta quarta

Há oportunidades em diversas áreas

Mylena Rocha Publicado em 13/10/2021, às 07h48

Confira a lista completa de vagas no link.
Confira a lista completa de vagas no link. - Leonardo de França/Midiamax

A Funsat (Fundação Social do Trabalho) oferece 2.004 vagas de emprego, em Campo Grande, nesta quarta-feira (13). Destas, 189 oportunidades são para PcD (Pessoas com Deficiência). O cargo de encarregado de obras é o que mais oferece oportunidades, são 200 postos de trabalho.

Alguns outros postos também estão com números altos de vagas, como: operador de telemarketing receptivo, com 199 vagas; servente de obras, com 159 vagas; auxiliar de linha de produção, com 128 vagas; motofretista, com 92 vagas; pedreiro, com 87 vagas; auxiliar de cozinha, com 79 vagas; entre outras. Confira a lista completa aqui.

Há oportunidades para pessoas com deficiência. São 120 vagas para operador de telemarketing receptivo, 26 para auxiliar de limpeza, 15 para servente de obras, 10 para motorista carreteiro, 10 para vigia noturno, duas para auxiliar administrativo, uma para auxiliar de almoxarifado, uma para auxiliar de estoque, uma para auxiliar de linha de produção, uma para promotor de vendas, uma para vendedor pracista e uma para vigilante.

A recomendação da Funsat é que os interessados utilizem o aplicativo Sine Fácil para pesquisar e concorrer às vagas. Caso o cadastro esteja desatualizado, não será possível utilizar o Sine Fácil, logo é necessário comparecer à Funsat para atualização. A Fundação atende de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h30. A sede da Funsat está localizada na Rua 14 de Julho, nº 992, Vila Glória. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (67) 4042-0585.

Acompanhe vagas e editais

Quer receber dicas e conversar com a gente sobre empregos e concursos? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar de troca de experiências e informações para ajudar quem está em busca de oportunidades de trabalho.

Jornal Midiamax