Cotidiano / Emprego & Concurso

Mestre da Capital usa notícias de ‘fofoca’ para estimular leitura crítica de alunos

Sequência didática garante participação do alunos

Midiamax Publicado em 20/01/2017, às 18h34

None
unnamed_2.jpg

Sequência didática garante participação do alunos

Uma professora da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), de Campo Grande,  mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Letras, criou uma sequência didática utilizando "notícias de fofoca" em sua pesquisa de mestrado.  Com cinco módulos de atividades, a técnica garante contribuição concreta, como forma de desenvolver, no aluno, a habilidade de leitura crítica. 

Sônia observou o interesse dos alunos por notícias relacionadas a fofocas de personalidades e decidiu levar os textos para a sala de aula com o objetivo de estímulo.

A sequência didática, da pesquisa de mestrado, possui cinco módulos de atividades que envolvem a fofoca, a coluna social e a notícia. A sequência foi pensada para a disciplina de Língua Portuguesa, das séries finais do Ensino Fundamental II, ou seja, oitavo e nono ano, mas também pode ser adaptada para todos os anos do Ensino Médio. 

Na atividade, os alunos foram provocados a construir fofocas a partir de fotos, analisar as opiniões implícitas nas notícias, detectar boatos, trabalhar o diálogo entre gêneros textuais diferentes e analisar notícias dos bastidores da política. Tudo isto com foco na construção de textos escritos, com coerência e coesão, reflexão e análises críticas sobre as notícias apresentadas pela professora.

De acordo com Sonia, que foi orientada pela professora Dra. Aline Saddi Chaves, é necessário partir do princípio de que a interação professor-aluno é pautada por uma busca constante de reconhecimento e análise crítica dos diversos gêneros discursivos existentes na sociedade.

“O anseio em buscar alternativas para a formação de leitores críticos surge a partir de nossa vivência em sala de aula, por muitas vezes presenciarmos a inércia do aluno frente às leituras solicitadas, em contraposição a sua empolgação desmedida quando se trata de comentar a última notícia sobre determinado famoso, seja artista ou figura política”, ressaltou. (Com informações assessoria)

Jornal Midiamax