Cotidiano / Emprego & Concurso

Fundac abre inscrições para Concurso de Quadrilhas do Arraial de Santo Antônio

Já estão abertas as inscrições para o Concurso de Quadrilhas da tradicional festa do Arraial de Santo Antônio de Campo Grande. A Fundaçao Municipal de cultura divulgou ontem, segunda-feira (23/04), o edital do concurso no Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande). As inscrições podem ser entregues até o dia 04 de junho na sede da […]

Arquivo Publicado em 27/04/2012, às 11h46

None

Já estão abertas as inscrições para o Concurso de Quadrilhas da tradicional festa do Arraial de Santo Antônio de Campo Grande. A Fundaçao Municipal de cultura divulgou ontem, segunda-feira (23/04), o edital do concurso no Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande). As inscrições podem ser entregues até o dia 04 de junho na sede da Fundac, localizada à rua Brasil, n° 464, Vila Marman.

Podem participar representantes de entidades, escolas e clubes. A premiação do concurso será de R$ 1.000,00 para o primeiro lugar e R$ 500,00 para o segundo lugar. O concurso será dividido em três categorias: quadrilha da melhor idade (integrantes acima de 45 anos), quadrilha jovem (acima de 16 anos) e a quadrilha especial (portadores de necessidades especiais). Cada quadrilha deve ter a participação de, no mínimo, oito e, no máximo, 20 casais.

O concurso será realizado no decorrer dos quatro dias do evento,sendo desenvolvido em duas etapas. Na primeira etapa, as duas primeiras colocadas de cada categoria estarão classificadas automaticamente para a grande final. E na segunda etapa, será realizada a conclusão do concurso, onde acontece a grande final com classificação geral por categorias das quadrilhas vencedoras.

Quadrilha – A quadrilha é dançada em homenagem aos santos juninos (Santo Antônio, São João e São Pedro) e para agradecer as boas colheitas na roça. Tal festejo é importante, pois o homem do campo é muito religioso, devoto e respeitoso a Deus. Dançar, comemorar e agradecer. Em quase todo o Brasil, a quadrilha é dançada por um número par de casais e a quantidade de participantes da dança é determinada pelo tamanho do espaço que se tem para dançar.

A quadrilha é comandada por um marcador/cantador, ao vivo, que orienta os casais, usando palavras afrancesadas e portuguesas. A marcação apresentada é uma das mais tradicionais e simples e deve ser utilizada obrigatoriamente pelos participantes.

Jornal Midiamax