Mato Grosso do Sul abriu 52.121 empresas em 2023, de acordo com o Indicador de Nascimento de Empresas da Serasa Experian. Segundo a instituição de análises e informações de crédito, o Estado foi o que apresentou maior queda percentual nesse índice entre os estados do Centro-Oeste, com -0,4%, na comparação com o ano anterior

Já o estado vizinho, Mato Grosso, foi o que teve maior crescimento percentual na variação anual, com alta de 7,6% na comparação com 2022. 

No ranking nacional, Mato Grosso do Sul ficou em 15º lugar na lista de abertura de novas empresas.

Ainda no Centro-Oeste, Goiás ficou no topo do ranking entre os estados no quesito “nascimento de empresas”, com a abertura de 155.595 novos negócios. O estado foi seguido pelo Mato Grosso, com abertura de 86.792, e Distrito Federal, com 73.720.

Brasil

Já em nível nacional, o indicador apontou que, em 2023, foram criados 3,9 milhões de novos empreendimentos no Brasil, um crescimento de 1,0% em relação a 2022. “Serviços de Alimentação” foi o segmento responsável pela maior abertura no ano (6,8%).

Para o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, “o aumento da demanda por comida pronta, o uso cada vez maior de aplicativos de entrega, baixos custos iniciais para abertura e uma vasta gama de possibilidades criativas podem explicar o porquê de o segmento liderar o surgimento de novos negócios. Além disso, o Brasil oferece um ambiente propício para inovação e é terreno fértil para o empreendedorismo”.