O abate de bovinos de desacelerou no terceiro trimestre de 2023. Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), foram 18,6 mil cabeças a menos abatidas entre julho a setembro. O Estado é o 5° do país em números de abates.

Consequentemente, as exportações de bovina por Mato Grosso do Sul também tiveram queda. No terceiro trimestre de 2023, o Estado exportou 9%, o que representa queda de 7,6% em relação ao mesmo período de 2022.

Em contrapartida, os dados de abate de suínos em Mato Grosso do Sul cresceram no terceiro trimestre. Foram 7,2 mil cabeças a mais, sendo que o Estado é o 7° no ranking de países. Já as exportações de carne suína tiveram queda de 11,9% no terceiro trimestre de 2023, comparado ao mesmo período do ano passado.

Aves, ovos e couro

Os dados do IBGE também mostram retração no setor de aves em Mato Grosso do Sul. No terceiro trimestre do ano, houve redução de 8,6% nos abates e de 6,9% nas exportações, comparado ao ano anterior.

Mato Grosso do Sul é o 12° entre os estados na produção de ovos, com aumento de 3,3% no terceiro trimestre comparado ao mesmo período de 2022. Já em relação ao couro, o Estado é o segundo no ranking de captação de couro nos curtumes, com aumento de 1,4% no terceiro trimestre.

Saiba Mais