A partir da próxima quarta-feira (18) começam a ser liberadas as parcelas do Bolsa Família. Seguindo o calendário do Ministério da Cidadania, os primeiros a serem pagos serão para beneficiários com último dígito do NIS (Número de Identificação Social) 1, número impresso no cartão de cada titular.

O cronograma das datas segue o pagamento para cada dígito final do NIS. Os pagamentos são disponibilizados na sequência de 1 a zero, durante os últimos dez dias úteis de cada mês. A exceção é durante o mês de dezembro, quando todos os pagamentos ocorrem até o dia 22. Se o NIS do titular termina com o número ‘1’, em janeiro, por exemplo, os pagamentos começam no dia 18.

As parcelas mensais ficam disponíveis para saque por 120 dias após a data indicada no calendário. Os beneficiários podem conferir o extrato de pagamento na “Mensagem Auxílio Brasil”, com o valor do benefício.

A Caixa Econômica Federal deve disponibilizar cartazes e filipetas nos locais de pagamento – agências, lotéricas e correspondentes bancários, como comércios com a marca Caixa Aqui em todo o Brasil.

R$ 600

A Medida Provisória 1155/2023 garantiu o valor de R$ 600 mensais para cada beneficiário. O texto assinado pelo presidente da República, Lula (PT), assegura um complemento ao orçamento federal para garantir o mínimo de R$ 600 mensais e o pagamento de 100% do Auxílio Gás.

Os recursos ficaram disponíveis após negociação do Governo de Transição com o Congresso Nacional. A aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC 32/2022) permitiu a readequação do orçamento.

As datas definidas do Bolsa Família também são válidas para o pagamento do Auxílio Gás no próximo ano, ressaltando que o programa disponibiliza parcelas bimestralmente.

Dúvidas

Em caso de dúvidas, há três canais de atendimento. O número 121, do Ministério da Cidadania, reúne informações e é a central para denúncias.

O número 111 é o canal de Atendimento ao Cidadão da Caixa Econômica Federal, e congrega informações sobre o cartão e o saque do benefício.

Também é possível acompanhar as principais informações sobre o benefício pelo aplicativo do programa, da Caixa Econômica Federal, disponível para download gratuito nas lojas virtuais.