Entre janeiro e setembro, abriu 7.838 novas empresas, das quais, 779 foram constituídas no mês de setembro. Os dados são da Junta Comercial de Mato Grosso do Sul (Jucems).

O levantamento apontou que no mês passado, o maior montante de empresas foi no setor de serviços com 547 , seguido de comércio com 203, e indústria com 29 estabelecimentos. Entre os municípios Campo Grande liderou abertura de firmas com 349, seguida pelas cidades de , Três Lagoas e .

Já no acumulado do ano foram 5.604 estabelecimentos em serviços, 1.935 no comércio e 299 na indústria. Já o total de fechamentos ficou em 364 em setembro.

Na avaliação do presidente da Jucems, Nivaldo Domingos o resultado de setembro foi um pouco inferior a agosto que teve mais de 900 empresas abertas. “Neste caso temos que considerar dois fatores. Primeiro nós tivemos feriado prolongado de quatro dias. Toda vez que isso ocorre existe uma queda no índice de abertura. O outro ponto normal é que o ápice de abertura de empresas ocorre em meados do ano. Por isso até dezembro a tendência é que ele recue, dê uma estabilidade. Um fato atípico neste ano foi o volume de movimentação em janeiro que reagiu muito rápido com o crescimento de janeiro, março então foi alguma coisa diferenciada para gente”, explicou.

Domingos lembrou ainda que a abertura sobe em meados do ano e a tendência na época de dezembro é uma redução. “Vem férias, muitos escritórios de contabilidade fecham, os empresários já passam a onda de Natal, então ninguém tá abrindo nada”, salientou.

Saiba Mais