O benefício do Auxílio Gás chega a 47,7 mil famílias de Mato Grosso do Sul, com valor de R$ 106 em outubro para todos os 79 municípios. O Governo Federal informou que o investimento é de R$ 5 milhões. O Estado ocupa a 12ª posição no ranking nacional entre as regiões com maior famílias contempladas.

Em Campo Grande, cidade com o maior número de contemplados, são 15 mil famílias com repasse mensal de E# 1,59 milhão. Na lista, as regiões com maior número de beneficiados são: Dourados (4.816), Amambai (1.797), Miranda (1.680) e Coronel Sapucaia (1.509).

O valor para compra do gás deste mês corresponde a 100% do valor do botijão de gás de cozinha de 13kg. O valor do Auxílio Gás é regulado pela média nacional do produto, calculado pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

Como receber?

O benefício é destinado às famílias inscritas no Cadastro Único com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário-mínimo, inclusive famílias beneficiárias de programas de transferência de renda implementados pelas três esferas de governo.

Os pagamentos estão sendo feito desde a última quarta-feira (18), aos beneficiários com final 1 do NIS (Número de Identificação Social), seguindo o mesmo calendário do Bolsa Família. O cronograma segue de forma escalonada até o dia 31.

Pago a cada dois meses, o auxílio beneficia em outubro mais de 5,5 milhões de famílias de todo o país. O investimento federal é de R$ 584,3 milhões, por meio do MDS (Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome).