A Caixa Econômica Federal informou que mais de 481,7 mil trabalhadores não sacaram o abono salarial do PIS-PASEP de até R$ 1,2 mil referente ao ano-base 2020 – e pago neste ano de 2022 -.

A boa notícia é que ainda é possível pedir a liberação desses valores. O total esquecido é de cerca de R$ 400 milhões e pode ser retirado até 29 de dezembro.

Conforme o Ministério do Trabalho e Previdência, a maioria dos abonos disponíveis são do PASEP, com cerca de 325 mil benefícios. Outros 155 mil são do PIS, que é para trabalhadores da iniciativa privada.

Quem tem direito ao PIS-PASEP 2022?

Dessa forma, terão direito ao PIS-PASEP 2022 apenas quem se encaixa nos seguintes critérios:

  • Ter recebido por pelo menos 30 dias de trabalho em 2020.
  • Atuado com carteira assinada em 2020.
  • Ter recebido, em média, no máximo dois salários mínimos mensais em 2020.
  • Estar inscrito no PIS-PASEP há pelo menos 5 anos.
  • Que o seu empregador tenha atualizado seus dados na Rais (Relação Anual de Informações Sociais).

Como consultar o abono salarial?

Para saber se terá direito ao abono salarial do PIS-PASEP, basta consultar a Carteira de Trabalho Digital ou o portal gov.br, pelo link https://www.gov.br/pt-br/servicos/sacar-o-abono-salarial.

Além disso, há possibilidade de realizar consulta ao canal 158 do Ministério do Trabalho e Previdência, bem como das unidades presenciais da pasta.

Pela Carteira de Trabalho Digital, é necessário que o trabalhador atualize o aplicativo. Depois, basta acessar a aba ‘benefícios’ e ‘abono salarial’ em seguida. Assim, será possível visualizar valor, dia e banco para recebimento.