Mais de 6 mil famílias de ainda não atualizaram dados do Cadastro Único do Governo Federal, registro que assegura o pagamento de benefícios como o Auxílio Brasil. Conforme cronograma, o prazo termina na sexta-feira (11) e a regra é válida para quem fez a última atualização em 2016 ou 2017.

De acordo com a Prefeitura, desde fevereiro, quando foi aberta a convocação desse grupo, aproximadamente 1.641 famílias atualizaram o Cadastro Único. Agora, outras 6.400 ainda estão na fila.

“Essas famílias têm até sexta-feira para atualizar e evitar o bloqueio dos benefícios do Programa Auxílio Brasil. E até 16 de dezembro para evitar o cancelamento do Programa Auxílio Brasil e da Tarifa Social de Energia Elétrica”, explicou Vivian Brandão, gerente do Cadastro Único da Secretaria de do Município.

Atualmente, Campo Grande tem 60.881 mil famílias beneficiárias no Auxílio Brasil. A atualização cadastral é feita para garantir que as informações registradas estejam sempre de acordo com a realidade das famílias, além de garantir o pagamento dos programas sociais como o Auxílio Brasil, o Benefício de Prestação Continuada (BPC), Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) e a ID Jovem, que exigem cadastro atualizado.

Em Campo Grande, o atendimento é realizado nos 21 Cras (Centro Regional de Assistência Social), quatro Centros de Convivência, Central do CadÚnico, que funciona na Rua dos Barbosas, 321, e na Secretaria da , localizada no antigo Shopping Marrakech, na Rua Vinte e Cinco de Dezembro, 924, dos Estados. 

O horário de atendimento nas unidades é das 7h às 11h e das 13h às 17h. Já na Secretaria da Juventude é das 8h às 11h e das 13h às 17h e na Central do Cadastro Único, das 7h30 às 11h e das 13h às 17h30.

Para mais informações, o responsável familiar pode entrar em contato pelo telefone (67) 3314-4482, ramais 6037 e 6038. De acordo com a última informação prestada pelo governo federal em agosto, Campo Grande possuía 175.005 famílias cadastradas no CadÚnico.