O campo-grandense está mais animado do que nunca para a estreia do Brasil na Copa do Mundo do Catar, nesta quinta-feira (24). Na Avenida Afonso Pena, a ‘amarelinha’ veste até vaca mascote de restaurante e domina os tradicionais varais do comércio informal de camisetas.

Tiago Pereira, de 30 anos, sequer sabe quando começou a vender camisetas em dia de Copa, dizendo que trabalha como ambulante “desde que se entende por gente”. Só nas primeiras horas da manhã desta quinta, quando o Brasil estreia na Copa do Catar, já atendeu cerca de 100 pessoas, a expectativa é continuar com o movimento até o fim do dia.

“Só ontem (23) foram umas 300 pessoas que compraram, as pessoas deixam para a última hora. Esse ano está vendendo mais em comparação a outras Copas, sempre vendi bem. Eu renovo o estoque toda semana e vou continuar vendendo”, explica.

De fato o movimento não deixava o vendedor parado, pois em questão de 5 minutos em que a reportagem permaneceu no local, ele atendeu quatro pessoas que estavam em busca da ‘amarelinha’. As peças custam de R$ 50 a R$ 100, de todas as cores e tamanhos, além das bandeiras pequenas ou grandes.

“Vamos assistir em casa, com a família e um casal de amigos. Ela [filha de 16 anos] quer muito uma camiseta e estamos procurando um preço mais acessível. Estamos animados”, disse um cliente, de 64 anos.

tiago varal
Varal com camisetas na Avenida Afonso Pena (Foto: Marcos Ermínio)

Bares e restaurantes faturam com reservas

O dia é de festa e faturamento também para o ramo de bares e restaurantes. Em um restaurante localizado na esquina da Avenida Afonso Pena com a Rua Rio Grande do Sul, até mesmo a mascote, uma vaca, está vestida com a camisa 10 da seleção.

Gerente do restaurante, Henrique Attilio conta que a vaquinha, que é o mascote do local especializado em carnes, foi levada para uma costureira e recebeu a vestimenta sob medida.

O mascote vestido com a roupa especial chama atenção desde quarta-feira. “As crianças saem da escola e querem tirar foto. Foi uma proposta interessante que muda a cara, estamos no meio da Afonso Pena, tudo mundo passa e olha”.

O comércio ainda investiu em estender o atendimento ao horário do jogo para o happy hour, com telão e chopp por R$ 5,90. “Já temos de 60 a 70 reservas feitas só para o horário do jogo. Um movimento desses em dia de semana e nesse horário já é ótimo”.

Varal das ‘amarelinhas’

Varais com as camisetas estão espalhados por diversos pontos da cidade. Pequenos espaços entre o poste e uma árvore, poucos metros, já chamam atenção dos torcedores ansiosos para ver a partida contra a Sérvia ‘a caráter’.

varal na Praça
Outro varal de venda na Praça do Rádio (Foto: Henrique Arakaki)

Onde ver o jogo?

O Brasil começa a trilhar seu caminho rumo ao hexa na Copa do Mundo do Catar nesta quinta-feira (24) contra a Sérvia, às 15h (horário de Mato Grosso do Sul). Antes, às 6h, Camarões e Suíça fizeram a abertura do Grupo G.

O torcedor que quiser assistir ao jogo do Brasil terá a opção de acompanhar através da televisão aberta, fechada e em canais de streaming. Na TV aberta, o jogo terá transmissão da TV Globo, com a clássica narração de Galvão Bueno, com comentários do ídolo do Flamengo, Júnior.

Já na TV fechada, Brasil e Sérvia tem transmissão no Sport TV. Para quem preferir assistir por streaming tem as opções de ver pelo Cazé TV, na Twitch, no Globoplay, ou o FIFA+, plataforma de streaming própria da FIFA.