Equipe de do Mapa (Ministério da , Pecuária e Abastecimento) suspendeu a comercialização de 96.030 quilos de sementes em devido a constatação de irregularidades.

O Ministério intensificou a fiscalização sobre a produção, a reembalagem e a comercialização de sementes de espécies forrageiras tropicais. A ação aconteceu em , , Terenos, Chapadão do Sul, Costa Rica, e Paraíso das Águas.

A fiscalização esteve em 18 estabelecimentos e emitiu 26 termos de fiscalização e 12 autos de infração. Durante a ação também foram coletadas amostras de lotes sementes para verificar se os produtos fiscalizados atendem aos padrões nacionais de identidade e qualidade, estabelecidos pelo Mapa.

Caso os resultados das análises oficiais demonstrem que os lotes não atendem aos padrões, os respectivos produtores serão autuados pela irregularidade.

“A força-tarefa foi importante visto que o Estado do Mato Grosso do Sul, além de ser um grande consumidor, é fornecedor de sementes de forrageiras tropicais para os demais estados do País”, relata a coordenadora-geral de Sementes e Mudas, Virgínia Carpi.

Participaram da operação 12 auditores fiscais federais agropecuários e quatro agentes de atividades agropecuárias ou auxiliares, dos estados da Bahia, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Sergipe, Santa Catarina e do Distrito Federal.