Cotidiano / Economia

Após fim do auxílio emergencial, governo que novo programa para compensar brasileiros

Foco será famílias que vivem em situação de extrema pobreza

Gabriel Maymone Publicado em 06/05/2021, às 11h37

Objetivo é recompensar brasileiros afetados durante pandemia
Objetivo é recompensar brasileiros afetados durante pandemia - Divulgação

Com o fim do auxílio emergencial em julho de 2021, o governo estuda um novo programa para compensar brasileiros afetados economicamente pela pandemia do coronavírus. Assim, o ministro da economia, Paulo Guedes, informou que o próximo passo é criar o Renda Básica.

Recentemente, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que iria ampliar o Bolsa Família, que passará de pagamentos mensais médios de R$ 190 para R$ 250 no 2º semestre deste ano.

Mesmo assim, a equipe econômica do governo não descarta a implantação do Renda Brasil, que está sendo estudado e buscando possíveis compensações que não desagradem ao povo brasileiro.

Dessa maneira, após a imunização contra a Covid-19 e o retorno do crescimento econômico será possível discutir melhor o novo programa. Assim, a expectativa é que, após o fim do auxílio emergencial marcado para julho, o programa seja apresentado.

Então, o foco será famílias em situação de pobreza e pobreza extrema. Sendo assim, contemplará as famílias que possuem uma renda per capita mensal de até R$ 178. 

Jornal Midiamax