IBGE: Campo Grande tem inflação de 1,04% em agosto, a maior entre as capitais

Campo Grande registrou aumento forte no preço da gasolina e de carnes e frutas; Esses fatores colaboraram para a inflação.
| 09/09/2020
- 13:57
IBGE: Campo Grande tem inflação de 1,04% em agosto, a maior entre as capitais
A porcentagem representa uma queda de R$ 0,0834 no preço da gasolina. (Foto: Leonardo de França, Midiamax) - A porcentagem representa uma queda de R$ 0,0834 no preço da gasolina. (Foto: Leonardo de Fra

Campo Grande registrou inflação de 1,04% em agosto, o maior entre as capitais do país, segundo pesquisa divulgada nesta quarta-feira (9) pelo (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Reajustes no preço da gasolina e alimentos foram os fatores que mais impactaram no resultado.

Conforme o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), no acumulado do ano, de janeiro a agosto, a capital sul-mato-grossense também lidera o ranking nacional. No período, o índice ficou em 2,13%, muito acima da segunda colocada, Salvador, com 1,48%.

Assim, Campo Grande foi a capital que teve o maior aumento percentual no preço de alimentos e bebidas: 2,31% em agosto e 4,87% no ano. Então, os itens que mais subiram nesse quesito foram: carne (6,28%) e frutas (9,54%).

inflação em Campo Grande
Preço da carne subiu e impactou na inflação de agosto em Campo Grande. (Imagem: Reprodução)

Já a gasolina teve aumento de 3,88% no mês, ficando atrás dos aumentos registrados pelo IBGE em Goiânia (10,34%), Brasília (5,73%) e São Luis (5,54%). Outros combustíveis também tiveram reajuste e colaboraram para o IPCA em Campo Grande. O preço do etanol subiu 4,20% e do óleo , 4,36%.

Veja também

Em Campo Grande, estão previstos aportes de R$ 377,6 milhões no aeródromo

Últimas notícias