Cotidiano / Economia

Douradenses recolheram mais de R$ 200 milhões aos cofres públicos em 2019

Os contribuintes douradenses recolheram mais de R$ 200 milhões de reais aos cofres públicos em 2019. Os dados são do Impostômetro da ACSP (Associação Comercial de São Paulo) que, no último dia do ano atingiu a atingiu a marca de R$ 2, 5 trilhões em todo o País. O valor corresponde aos impostos, taxas e contribuições […]

Marcos Morandi Publicado em 02/01/2020, às 07h48

None
Imagem ilustrativa

Os contribuintes douradenses recolheram mais de R$ 200 milhões de reais aos cofres públicos em 2019. Os dados são do Impostômetro da ACSP (Associação Comercial de São Paulo) que, no último dia do ano atingiu a atingiu a marca de R$ 2, 5 trilhões em todo o País.

O valor corresponde aos impostos, taxas e contribuições pagos pelos contribuintes brasileiros e, segundo a ACSP superou o total arrecadado em 2018 e representa uma carga tributária elevada para o Brasil.

Segundo o Impostômetro, somente nesta quarta-feira , primeiro dia ano, os douradenses já tiraram mais de R$ 700 mil do bolso para custear a máquina administrativa. “Pelos prognósticos do primeiro dia em todo o País já é possível projetar um ano com arrecadações bem elevadas”, explica o economista da ACSP.

“O Brasil possui uma das cargas tributárias mais altas do mundo, equivalente ou até superior à carga de nações desenvolvidas. É uma tributação de primeiro mundo que deveria retornar à população por meio de serviços essenciais e políticas públicas de qualidade”, pondera o economista.

Jornal Midiamax