Cotidiano / Economia

Comércio de Campo Grande vai funcionar até às 22h em dezembro

Acordo entre representantes dos empregados e dos empresários do comércio de Campo Grande definiu que as lojas poderão funcionar em horário especial em dezembro, com vistas às vendas do fim de ano. Assim, no sábado, dia 5, o comércio já funciona até às 20h. E, do dia 7 ao dia 23 de dezembro, as lojas […]

Gabriel Maymone Publicado em 24/11/2020, às 09h12 - Atualizado às 14h27

Imagem ilustrativa.(Foto: Leonardo de França, Midiamax)
Imagem ilustrativa.(Foto: Leonardo de França, Midiamax) - Imagem ilustrativa.(Foto: Leonardo de França, Midiamax)

Acordo entre representantes dos empregados e dos empresários do comércio de Campo Grande definiu que as lojas poderão funcionar em horário especial em dezembro, com vistas às vendas do fim de ano.

Assim, no sábado, dia 5, o comércio já funciona até às 20h. E, do dia 7 ao dia 23 de dezembro, as lojas poderão ficar abertas até às 22h. Na véspera do Natal, as portas serão fechadas às 18h e no dia 31 os consumidores poderão fazer compras somente até às 16h.

Já aos domingos – dias 6,13 e 20, os lojistas devem abrir das 9h às 18h.

Os horários foram definidos em acordo entre Sindicato dos Empregados no Comércio de Campo Grande e o Sindicato do Comércio Varejista de Campo Grande.

Confira as datas e horários:

Dia 05/12 – até 20 h

De 07/12 a 23/12 – até 22 h

24/12 – até 18h

31/12 – até 16h

Dias 06, 13 e 20 – das 9h às 18h

A exceção fica por conta das lojas de shopping centers e as localizadas em centros comerciais como hipercenters, que no dia 24/12 podem abrir as portas das 9h às 19h.

Funcionário

“Também foi definido que o colaborador que trabalhar aos domingos deve compensar o dia de serviço na semana subsequente”, alerta o gerente de relações sindicais da Fecomércio-MS (Federação do Comércio de Mato Grosso do Sul), Fernando Camilo.

Com relação às horas extras, fica definido até duas horas diárias com 65% sobre remuneração normal e, nos casos previstos no art. 61 da Consolidação das Leis Trabalhistas (necessidade imperiosa, em face de força maior, seja para atender à realização ou conclusão de serviços inadiáveis ou cuja inexecução possa acarretar prejuízo manifesto), o percentual deve ser de 95% do valor da hora normal.

Novo Piso

A reunião abordou ainda sobre o reajuste salarial dos empregados no comércio, que vale até outubro de 2021.

Os novos valores do salário do comércio ficaram assim estabelecido:

Empregados em geral – R$ 1.276,00

Comissionados – R$ 1.411,00

Auxiliar do Comércio – R$ 1.157,00

Office boy e serviços gerais – R$ 1.151,00

O documento também inclui cláusula de plano de assistência odontológica mediante adesão dos empregados.

Jornal Midiamax