Cotidiano / Economia

Associação aponta refeição mais barata em Campo Grande entre 22 capitais

Estudo é realizado anualmente em todo o Brasil

Wendy Tonhati Publicado em 19/03/2018, às 15h47

None

Estudo é realizado anualmente em todo o Brasil

Campo Grande teve o custo médio do almoço fora de casa mais barato entre 22 capitais pesquisadas pela ABBT (Associação Brasileira das Empresas de Benefício ao Trabalhador) em 2017. A pesquisa ‘Preço Médio da Refeição’ foi divulgada nesta segunda-feira (19) e apontou valor de R$ 26,23 na Capital, sendo a média nacional R$ 34,14. Foram visitados 4.587 estabelecimentos comerciais no final de 2017.

Nacionalmente, almoçar fora de casa ficou 3,64% mais caro em todo o Brasil. A região Sudeste registrou preços ligeiramente acima da média Brasil: R$ 34,49. As regiões Norte e Centro-Oeste apresentaram os menores valores: R$ 32,77 e R$ 32,87, respectivamente.

Associação aponta refeição mais barata em Campo Grande entre 22 capitais

De acordo com a pesquisa, a cidade mais cara é Florianópolis (SC): o preço médio da refeição completa é de R$ 40,85. A associação aponta que normalmente, cidades que são destinos turísticos têm preços mais altos que as demais.

O objetivo da pesquisa é auxiliar os departamentos de recursos humanos das empresas a conceder o benefício alimentação com valor adequado para cada região, garantindo que o trabalhador se alimente de forma adequada e saudável. Para chegar ao valor da refeição completa são pesquisados os preços do prato principal, bebida não alcoólica, sobremesa e café praticados na hora do almoço.

Associação aponta refeição mais barata em Campo Grande entre 22 capitais

Jornal Midiamax