A potencialização do terminal alfandegário deve gerar empregos 

Uma reunião entre o governador do Estado, Reinaldo Azambuja e a superintente do Aeroporto Internacional de , Barbara dos Reis Netto, decidiu sobre a ampliação e potencializarão do terminal alfandegário do aeroporto da Capital, que conforme o governador deve aumentar a competitividade do Estado.

Conforme a superintende, já passaram pelo terminal 595 toneladas de produtos diversos em 2015, o que significa um aumento de 22% em relação ao ano de 2014. Ela também destaca que o terminal ainda tem capacidade para ampliar até 55% do atendimento.

O secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento (Semade), Jaime Verruck, o objetivo do Governo do Estado é potencializar o uso desse terminal, que servirá como um instrumento de desenvolvimento do Estado. Ainda conforme o secretário, deverá ser feito um acordo entre a Semade, a Infraero e a Fiems, para a divulgação do terminal aos empresários locais. “Vamos assinar em conjunto um termo de cooperação que tem como objetivo promover e aumentar o uso desse terminal por parte das empresas locais, o que vai gerar aumento de emprego, e vai melhorar também a logística de Mato Grosso do Sul”, finalizou o secretário.

A superintende ainda finalizou afirmando que “A utilização desse terminal vai melhorar a questão da logística no Estado, além de gerar também um rendimento tributário para Mato Grosso do Sul por conta do ICMS que será tributado no local”.

Ampliação:

O governador Reinaldo Azambuja disse um pouco antes da reunião que iria conversar com a superintende sobre a ampliação da pista de pouso e das áreas de embarque e desembarque. “Eles (governo anterior) tinham um projeto muito ousado que não saiu do papel. Nós queremos fazer uma coisa mais simples, mas que possa ser feita”, destacou. Porém não foi divulgada nenhuma informação relativo ao assunto após a reunião.