A última análise do Índice de Preços Edenred Ticket Log (IPTL), levantamento que consolida o comportamento de preços das transações nos postos de combustível, trazendo uma média precisa, apontou que o valor médio do litro do diesel comum fechou março a R$ 5,96, com queda de 0,17% ante a primeira quinzena do mês. Já o diesel S-10 foi encontrado a R$ 6,07, após redução de 0,33%.

Entre as regiões, apenas o Centro-Oeste registrou aumento, de 0,17%, no preço do diesel comum, que fechou o mês a R$ 6,04. As demais apresentaram estabilidade, com destaque para o Norte que, apesar de comercializar o comum pelo maior preço médio do País, a R$ 6,50, registrou também a maior redução na média, de 1,66%. O recuo mais expressivo para o diesel S-10, de 0,33%, foi identificado no Nordeste, onde a média fechou em R$ 6,05.

O preço médio mais alto para os dois tipos foi registrado na Região Norte, a R$ 6,50 o comum e R$ 6,49 o S-10. Já as mais baixas foram identificadas nos postos de abastecimento do Sul, a R$ 5,80 o comum e R$ 5,86 o S-10.

Entre os Estados, o aumento mais significativo para o comum, de 1,06%, foi identificado nas bombas de Sergipe, onde o preço do litro fechou a R$ 6,67. Em contrapartida, os postos sergipanos comercializaram o S-10 com a maior redução de todo o País, de 1,15%, encerrando o período a R$ 6.

Alagoas se destacou com a maior redução para o diesel comum, de R$ 6,55, onde foi comercializado a R$ 6,28. Já o Tocantins registrou o aumento mais expressivo para diesel S-10, encontrado a R$ 6,03. As médias mais altas de todo o território nacional para os dois tipos de diesel foram registradas no Amapá, a R$ 7,38 o comum e R$ 7,46 o S-10. As mais baixas no Paraná, a R$ 5,73 o comum e R$ 5,84 o S-10.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Edenred Ticket Log.