Pesquisa realizada em oito municípios de Mato Grosso do Sul, entre os dias 2 e 8 de abril, aponta que 39,97% das pessoas que irão comprar presentes para o ‘Dia das Mães’, irão fazê-lo de acordo com os pedidos realizados pelas mães.

A economista da Fecomércio, Regiane Dedé de Oliveira, revelou que a previsão é que R$ 478 milhões de reais sejam movimentados em decorrência da data e que o empresariado deve estar atento para aproveitar da melhor maneira possível o aquecimento do mercado.

“O empresário pode estar se preparando para receber este consumidor que preza muito pela escolha da mãe e a qualidade do produto na hora dele definir o que comprar”, afirmou.

Segundo a pesquisa, a preferência de 39,97% dos consumidores é atender aos desejos de suas mães. “O comerciante deve também fazer ações voltadas para as mães, considerando que ela que vai escolher o presente que ela quer ganhar”, destacou.

A pesquisa apontou ainda que 71,16% dos entrevistados pretendem presentear e 78,28% farão comemorações. O valor médio do presente será de R$ 211,79 e das comemorações, de R$ 219,22.

Os presentes escolhidos pelos consumidores serão roupas (29%), perfumes e cosméticos (26%) e calçados (18%), sendo que a maioria prefere comprar em lojas físicas (87,26%).

Além disso, a data deve proporcionar um movimento importante em supermercados, considerando que 80,85% dos entrevistados que irão comemorar informaram que vão comprar ingredientes para o preparo da refeição em casa, celebrando em família.