A pouco mais de um mês para a volta às aulas, já é perceptível a movimentação nas papelarias em Campo Grande. De acordo com comerciantes, pais resolveram se antecipar e aproveitar os menores preços logo no início do ano.

O proprietário da papelaria Moderna, Douglas Batista, afirma que os pais estão se adiantando este ano para fazer as compras de listas escolares. “A gente não tem uma certeza do porquê estão se adiantando, talvez porque vão viajar. Mas está vendendo bastante, já. Principalmente lista escolar”, explica.

A expectativa é de que o movimento aumente exponencialmente próximo ao início das aulas. O comerciante alerta os pais para evitarem as lojas cheias na véspera da volta às aulas.

“O brasileiro sempre deixa para a última hora. Então, na última semana ali tumultua bastante. A gente pede que venham antes para melhorar para o próprio cliente, porque a gente consegue atender melhor e a variedade de itens é maior. Os produtos de menor preço vão acabando, ficando os mais caros”, afirma.

Em relação aos preços, na mesma papelaria, um kit básico de material escolar, incluindo caderno de 96 folhas (R$ 5,40), lápis (R$ 0,40), caneta azul (R$ 1,50), borracha (R$ 0,59), apontador (R$ 0,39), sai por um total de R$ 8,28.

Kit material escolar na papelaria Moderna. (Henique Arakaki, Midiamax)

Lista de materiais escolares

Nesse período que antecede a volta às aulas, as papelarias costumam receber muitos pais que desejam fazer orçamento de listas escolares. Variando na quantidade e tipos de itens, as listas que antes costumavam acompanhar a média de preço entre uma escola e outra, em 2024 apresenta maior divergência de valores.

A proprietária da Denise Papelaria, Sarita Godoy, notou que as listas estão variando mais nos itens. “Nos outros anos, os orçamentos davam valores parecidos, de escola para escola. Este ano, os preços estão divergindo mais”, explica.

Na papelaria, o kit básico de materiais escolares sai a R$ 9,60. Entre os itens, estão caderno de 96 folhas (R$ 6,50), caneta BIC (R$ 2), lápis (R$ 0,50), apontador (R$ 0,30), borracha (R$ 0,30).

Kit material escolar na papelaria Denise. (Henrique Arakaki, Midiamax)

Vendas de materiais escolares caíram após pandemia

Na papelaria Arquitécnica, os funcionários perceberam uma diminuição no movimento nos anos seguintes à pandemia. O proprietário Luciano Sanches conta que o movimento normalmente é maior em janeiro. Contudo, neste ano, a procura continua fraca.

“A pandemia foi ótima para quem trabalha com papelaria. Estava todo mundo em casa e precisava usar muito esses itens. Esse ano já era para estar movimentado, mas acho que vai aumentar na véspera da volta às aulas”, explica.

Um kit básico na papelaria sai menos de R$ 20. Entre os itens estão caderno de 1 matéria (R$ 9,80), estojo (R$ 7,20), caneta (R$ 1,20), borracha (R$ 0,60), lápis (R$ 0,40), somando, ao todo, R$ 19,20.

Kit material escolar na papelaria Arquitécnica. (Henrique Arakaki, Midiamax)

Confira a lista de materiais nas papelarias

Papelaria Moderna – Rua Sete de Setembro com Rua Rui Barbosa

  • Lápis de cor 12 cores Wave – R$ 4,30
  • Apontador simples – R$ 0,39
  • Caderno Credeal 96 folhas – R$ 5,40
  • Borracha Mercur – R$ 0,59
  • Lápis Bazze – R$ 0,40
  • Caneta BIC- R$ 1,50
  • Caderno espiral 1 matéria Credeal – R$ 9,99
  • Caderno 10 matérias Credeal – R$ 16,99
  • Lápis Super Soft Faber Castel 24 cores – R$ 59,99
  • Estojo ACP – R$ 10,99

Papelaria Arquitécnica – Rua Dom Aquino, 431, Amambai

  • Agenda Tilibra Minnie – R$ 69,90
  • Agenda planer Tilibra – R$ 24,80
  • Caderno Credeal 1 matéria – R$ 9,80
  • Estojo Goodie – R$ 7,20
  • Caneta Prisma – R$ 1,20
  • Borracha leo&leo – R$ 0,60
  • Lápis Faber Castel HB – R$ 0,40
  • Caderno inteligente By Indy – R$ 152,50

Papelaria Denise – Av. Júlio de Castilho, 1545

  • Caderno Off (96 folhas) – R$ 6,50
  • Caneta BIC- R$ 2,00
  • Lápis Voyage – R$ 0,50
  • Apontador simples leo&leo – R$ 0,30
  • Borracha Redbor – R$ 0,30