As companhias aéreas transportaram 7 milhões de passageiros em rotas domésticas no Brasil em março. O número representa uma alta de 1,4% na demanda, medida em RPK, na comparação mensal, e avanço de 5,1% em 12 meses, segundo dados da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

A Latam seguiu com a maior participação de mercado: 41,0%, ao transportar 3,21 milhões de passageiros no mercado doméstico. Na sequência, aparecem Azul e Gol, com 29,5% e 29,0%, respectivamente, de participação no mercado doméstico.

No mercado doméstico, a oferta total das aéreas, medida em ASK, caiu 0,2% em março ante fevereiro, com 10 milhões de assentos oferecidos, segundo a Anac. No entanto, acumula alta de 3% em 12 meses. A taxa de aproveitamento (RPK/ASK) ficou em 80,2%.

Internacional

Em voos internacionais, foram 2 milhões de passageiros transportados em março de 2024, com alta de 16,1% na demanda ante fevereiro e crescimento de 21,8% em 12 meses.

Já a oferta, medida em ASK, registrou crescimento mensal de 15,8% e de 21,1% em 12 meses, com uma taxa de aproveitamento de 83,7% e três milhões de assentos oferecidos.

A Latam também liderou a participação no mercado internacional, ao transportar 19,4% do volume total de passageiros, seguida pela portuguesa Tap (9,7%) e American Airlines (5,2%).