Campo Grande é a capital brasileira com o 2º combustível mais barato, segundo levantamento da ANP (Agência Nacional de Petróleo) realizado entre os dias 5 e 11 de maio. Contudo, o preço médio dos combustíveis em cidades de interior pesquisadas supera a média estadual, considerando gasolina comum, aditivada e etanol.

Em todos os levantamentos, Campo Grande e Mato Grosso do Sul permaneceram em segundo lugar entre os preços mais populares, perdendo apenas para o Maranhão (gasolina comum e aditivada) e Mato Grosso (etanol hidratado). A pesquisa da ANP aponta, ainda, o Acre como o estado com o combustível mais caro, em todas os tipos.

Confira os detalhes a seguir:

ETANOL HIDRATADO

Segundo a ANP, O preço médio do etanol hidratado em Campo Grande, considerando 20 postos pesquisados, foi de R$ 3,57, sendo o menor preço R$ 3,39 e o máximo R$ 3,69. Já em Mato Grosso do Sul, considerando 50 postos, o preço médio foi de R$ 3,68, com o mais barato a R$ 3,39 e o mais caro R$ 4,93.

No interior de MS, a pesquisa do etanol pesquisou Corumbá (4,76, preço médio), Dourados (3,95), Ponta Porã (3,99) e Três Lagoas (3,65) – quase todos superam o valor médio cobrado no litro do combustível em Mato Grosso do Sul.

GASOLINA COMUM

Em relação à gasolina comum, a Capital apresentou preço médio de R$ 5,55, considerando 23 postos pesquisados. A mais em conta sai a R$ 5,35 e a mais cara a 5,79. No Estado, o valor médio pelo litro de gasolina é de R$ 5,69, com a mais barata a R$ 5,35 e a mais cara R$ 6,95, considerando 62 postos pesquisados.

Em Corumbá, o preço médio da gasolina comum foi de R$ 6,84, R$ 6,00 de Ponta Porã, contra R$ 5,93 de Dourados, e R$ 5,64 de Três Lagoas, totalizando 39 postos. Novamente, só Três Lagoas tem preço médio menor que o do Estado.

GASOLINA ADITIVADA

Por fim, a ANP encontrou o preço médio da gasolina aditivada a R$ 5,75 em Campo Grande, com a mais barata a R$ 5,38 e a mais cara a R$ 6,09, após 16 postos pesquisados. No Estado, o levantamento pesquisou 42 postos e o preço médio foi de R$ 5,91, com a mais barata a R$ 5,38 e a mais cara a R$ 7.04.

No interior, a pesquisa contemplou os preços praticados 42 postos de abastecimento, com Corumbá à frente cobrando R$ 6,94 no preço médio da gasolina aditivada, seguida por Dourados (R$ 6,19), Ponta Porã (R$ 6,12), Nova Andradina (R$ 5,98) e Três Lagoas (R$ 5,85).

Clique AQUI para conferir a pesquisa na íntegra.