O transporte de passageiros cresceu 0,7% em agosto ante julho, segundo os dados da Mensal de Serviços divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (). O resultado fez o segmento operar 0,5% acima do nível de fevereiro de 2020, no pré-. O transporte de passageiros ainda opera 22,6% aquém do pico alcançado em fevereiro de 2014.

Já o transporte de cargas teve retração de 1,2% em agosto ante julho, operando 41,4% acima do pré-pandemia. O transporte de cargas operava em patamar 1,2% abaixo do recorde alcançado em julho de 2023.

As séries históricas do transporte de cargas e passageiros têm início em janeiro de 2011, com resultados apenas para o agregado do Brasil, sem dados regionais.

Na comparação com agosto de 2022, o transporte de passageiros cresceu 0,2% em agosto de 2023, enquanto o transporte de cargas aumentou 5,4%.

Saiba Mais