O de Campo Grande realizou pesquisa para identificar a variação de preços dos exames de PSA (Antígeno Prostático Específico), utilizados na detecção precoce do câncer de próstata. As equipes encontraram laboratórios com valores que variam de R$ 9,90 a R$ 94, ou seja, uma variação de 849%.

Durante a pesquisa, o órgão analisou os preços cobrados por diferentes laboratórios da Capital, levando em consideração a qualidade dos serviços prestados e a confiabilidade dos resultados. Foram pesquisados 13 estabelecimentos e coletadas informações detalhadas sobre os valores praticados.

No entanto, o Procon reforça que pode ocorrer caso de algum laboratório estar realizando promoção no mês de novembro, que é chamado de azul para alertar sobre a doença.

O órgão de defesa do consumidor também recomenda que os consumidores interessados em realizar o exame de PSA em clínicas particulares para detecção do câncer de próstata, pesquisem previamente os preços praticados pelos laboratórios e verifiquem a qualidade dos serviços oferecidos.

“A conscientização e o engajamento de todos são fundamentais para garantir que a detecção precoce do câncer de próstata seja acessível a todos os homens”, reforça o subsecretário do Procon Municipal, José Costa Neto.

Saiba Mais