Pesquisa do Procon-MS revelou que a em pode ser encontrada por diferença de até R$ 0,90 de um posto para outro na região da saída para São Paulo.

O levantamento foi realizado entre os dias 3 e 6 de março em 27 postos.

Então, a maior variação encontrada foi de 18,04%, que corresponde a diferença de R$ 0,90, sendo que o maior valor foi de R$ 5,89 no Auto Posto Manções – Platinão (rodovia BR 163 KM 484 –Zona Rural), e o menor de R$ 4,99 no Posto Bonatto Ltda (avenida Costa e Silva, 2560).

Retomada de impostos

gasolina ficou cara nos postos de Campo Grande a partir da quarta-feira (1°). O aumento no nas bombas reflete a retomada de cobranças de impostos federais.

presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) decidiu pelo retorno da cobrança de 75% de tributos federais sobre a gasolina e de 21% sobre etanol. Além disso, o também decidiu pelo retorno de 21% dos tributos sobre o etanol, gerando um aumento de R$ 0,06 no litro em Mato Grosso do Sul.

Contudo, para controlar o preço, o governador de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel (PSDB) disse que quer manter em 17% o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) da gasolina no Estado após o retorno da cobrança de impostos federais.

Por fim, na quarta-feira (1º) o Jornal Midiamax encontrou a gasolina por até R$ 5,39 nos postos da Capital.