Faltando 26 dias para o Dia das Crianças, a população já prepara o bolso para uma das datas mais difíceis de deixar ‘passar em branco'. feita em com 1.981 pessoas, aponta que os consumidores devem gastar, em média, R$ 212,90 por pessoa com presentes, o que deve movimentar R$ 227,16 milhões na economia do Estado.

Enquanto isso, as comemorações devem movimentar R$ 130,49 milhões, com gasto médio de R$ 160,69 por consumidor. E a escolha da criança é o que deve valer para 37% na hora de definir o que comprar.

Segundo o relatório, a data pode injetar, ao todo, R$ 357,66 milhões na economia do Estado, 42% a mais que nas comemorações e gastos do ano passado. Os dados são do Instituto de Pesquisa da Fecomércio MS (IPF/MS) e mostram que 71,8% dos entrevistados devem ir às compras e 54% vão comemorar.

Como sempre, os brinquedos serão as principais escolhas, correspondendo à decisão de 56%, as devem ser a escolha de 35% e os sapatos 18%. Eletrônicos devem ser escolhidos por apenas 5% dos clientes.

A pesquisa foi aplicada de 21 a 28 de agosto nas cidades de Campo Grande, Dourados, Ponta Porã, Coxim, e Corumbá/Ladário e Três Lagoas. Foram ouvidas 1.981 pessoas e o intervalo de confiança é de 95%.