A oferta de peças por apenas R$ 8 fez muita gente se animar para conferir o ‘Bazar Delas’, realizado pela AACC (Associação dos Amigos das com Câncer) nesta quarta-feira (8), em Campo Grande. Entre os clientes, gente que madrugou na fila e esperou por quatro horas até conseguir entrar. 

Primeira da fila, Cristiane Macedo, de 30 anos, acordou às 2h para se preparar. “Vim do Bairro Manaíra e cheguei aqui às 4h. Logo depois chegou outra mulher que estava de carro e pediu para esperarmos juntas até chegar mais pessoas”, relata.

Mesa com sapatos expostos à venda. (Foto: Nathalia Alcântara)

Com mil reais no bolso, a intenção da cantora era comprar , sapatos e eletrodomésticos. “Uma oportunidade como essa não se pode perder, além disso, a gente ajuda as crianças”, acrescenta. 

No bazar especial em comemoração ao Dia das Mulheres, sapatos da marca Santa Lolla, Schutz, Arezzo, peças de tricô e até jaqueta de couro por R$ 8. A sessão também inclui peças variadas como material escolar, brinquedos e até fantasia de sexshop. 

Além do ‘Bazar Delas’, a AACC também mantém sessões permanentes com outros produtos, entre eles, até eletrodomésticos. Nesses casos, os valores são variados e estão com 20% de desconto. 

Estreante no bazar, a operadora de lojas Virginia Flores, de 20 anos, chegou à sede da AACC por volta das 6h05, quase duas horas antes de os portões se abrirem. “Minha mãe queria vir, a gente ama um saldão”, comentou. Segundo ela, o maior interesse estava nas roupas e eletrodomésticos.

Foto: Nathalia Alcântara

Para o atendimento, a direção distribuiu senhas preferenciais e comuns. Apesar da fila, o fluxo de atendimento segue rápido.  

Diretora suplente da AACC, Auxiliadora Freire explica que o atendimento segue até às 17h sem intervalo para almoço. Todo arrecadado será destinado à casa de apoio, que tem capacidade para atender até 60 crianças e custo mensal de R$ 300 mil.

“Essas ações fazem muita diferença. Em breve vamos completar 25 anos e graças a Deus o povo de Campo Grande e de Mato Grosso do Sul tem nos apoiado”, comentou. 

Nesta quarta-feira, 50 voluntários trabalham no bazar. 

Saiba Mais