Cotidiano / Consumidor

Tá devendo? Confira as empresas participantes da campanha Nome Limpo em Campo Grande

A Campanha Nome Limpo deste ano contará com a participação de sete empresas em Campo Grande. A ação promovida pela ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande) tem como objetivo mediar negociação de dívidas. Conforme a Serasa, em setembro havia 327.144 inadimplentes na Capital. As negociações começam na próxima segunda-feira (9) e seguem até […]

Gabriel Maymone Publicado em 04/11/2020, às 10h46 - Atualizado às 11h21

 (Foto: Leonardo de França, Midiamax)
(Foto: Leonardo de França, Midiamax) - (Foto: Leonardo de França, Midiamax)

A Campanha Nome Limpo deste ano contará com a participação de sete empresas em Campo Grande. A ação promovida pela ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande) tem como objetivo mediar negociação de dívidas. Conforme a Serasa, em setembro havia 327.144 inadimplentes na Capital.

As negociações começam na próxima segunda-feira (9) e seguem até o dia 11 de dezembro. A ação contará com o apoio de conciliadores capacitados pelo Tribunal de Justiça (TJMS), que participarão por vídeo-chamada.

Por conta da pandemia do coronavírus, as empresas seguirão uma escala de atendimentos na estrutura montada dentro da ACICG. “Nos próximos dias divulgaremos a escala completa no site da Associação Comercial. Os consumidores poderão consultar essa programação antes de agendar o horário para realizar sua negociação”, explica a gerente de negócios da entidade, Letícia Ribeiro.

Empresas participantes

  • Energisa
  • UCDB
  • Lojas Analu
  • Pax Real
  • Faculdade Insted
  • Toque de Seda Enxovais
  • MS Distribuição

Os clientes inadimplentes dessas empresas, ainda que não tenham recebido o convite para participar da campanha, podem entrar em contato com a Associação Comercial por meio do telefone (67) 3312-5063 e agendar um horário.

As negociações serão feitas na sede da ACICG, na Rua 15 de Novembro, 390, Centro.

Sobre a campanha

Ao longo de suas 14 edições, a campanha já negociou mais de R$ 300 milhões em dívidas. A campanha permite às empresas o recebimento e regularização dos créditos perdidos, a reativação de clientes antigos e, ainda, contribui para o aquecimento do mercado para as compras de Natal. “Esses fatores somados ao desejo das pessoas de regularizarem sua situação financeira, e à liberação do 13º salário gera excelentes resultados fazendo com o que o dinheiro volte a circular na economia local”, finaliza Letícia.

Jornal Midiamax