Cotidiano / Consumidor

Após briga, homem volta armado e ameaça clientes de bar em Campo Grande

Após uma confusão no Bar Mercearia, em Campo Grande, suposto agredido retorna armado e aponta pistola para clientes. O fato ocorreu na madrugada deste domingo (14), por volta das 2 horas. Ele acabou sendo preso por porte ilegal de arma. De acordo com o BO (Boletim de Ocorrência), Odir Fernando Santos Corrêa, teria sido agredido […]

Arquivo Publicado em 14/09/2014, às 19h58

None

Após uma confusão no Bar Mercearia, em Campo Grande, suposto agredido retorna armado e aponta pistola para clientes. O fato ocorreu na madrugada deste domingo (14), por volta das 2 horas. Ele acabou sendo preso por porte ilegal de arma.

De acordo com o BO (Boletim de Ocorrência), Odir Fernando Santos Corrêa, teria sido agredido depois de se envolver em uma briga. Ele prometeu buscar uma arma em casa.

Em seguida, Odir voltou dirigindo um Land Roover preto, com placas 0905 de Campo Grande, parou na esquina do bar, sacou a pistola e fez gestos que iria atirar, assustando todos os clientes do local. Após isso, ele teria arrancado o carro bruscamente.

Ainda de acordo com o BO, ele teria repetido a conduta poucos minutos depois. Odir, que dirigia o carro, estava acompanhado de Odiney de Jesus Leite Junior e de Weslley Silverio dos Santos.

Duas horas depois, a polícia aborda o veículo dos acusados em frente à boate Valley, na Rua José Antônio. Após revista, a PM encontra, na porta do motorista, uma pistola 380 com dez munições intactas. Além disso, na ponta do cano havia uma rosca, possivelmente para acoplar um silenciador.

Os três acusados foram encaminhados para o Depac Centro (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário). Lá, Odir teria dito que era de São Paulo que “iria tomar um café” com os policiais no dia seguinte, insinuando que sairia impune porque teria vários conhecidos na polícia.

Jornal Midiamax