Candidatos ao cargo de reitor da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) iniciaram as movimentações visando ao mandato de 2024-2028. A eleição para definir a ordem na lista tríplice será no dia 10 de maio e englobará toda a comunidade acadêmica. O novo reitor estará à frente de um orçamento estimado em R$ 1,2 bilhão.

Neste ano, três candidatos concorrem ao cargo de reitor: a professora e atual vice-reitoria Camila Celeste Brandão Ferreira Itavo, o professor de computação, Marco Aurélio Stefanes, e o zootecnista Ruy Alberto Caetano Corrêa Filho.

Conheça os candidatos

Camila Itavo

Formada em Zootecnia, no ano de 2001, pela Universidade Federal de Viçosa. A atual vice-reitora Camila Celeste Brandão Ferreira Itavo, 44, concorre pela primeira vez ao cargo de reitora pela chapa ‘UFMS Sempre Melhor’, ao lado do candidato a vice, Albert Schiaveto de Souza.

“Para mim a Universidade é um local transformador de vidas. Transforma sonhos em realidade e forma jovens cidadãos comprometidos com o próprio futuro e com a sociedade de nosso país”, afirma a candidata.

Camila possui MBA em Gestão Empresarial (2003) pela Universidade Católica Dom Bosco e Instituto Nacional de Pós-Graduação. Em 2004, se tornou mestre em Ciência Animal, pela UFMS e doutora em Zootecnia pela UNESP/Botucatu. Desde 2008 atua como professora da Famez (Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia).

Marco Aurélio

Presidente da Adufms (Associação dos Docentes da UFMS) entre os anos de 2019 a 2023 e membro do Conselho Universitário, Marco Aurélio Stefanes, 54 anos, concorre ao cargo de reitor na chapa ‘UFMS em Movimento’, ao lado da professora Ana Denise Ribeiro Maldonado.

“Em uma universidade onde convivem mentes pensantes e democráticas, opiniões diferentes, não se criam atritos e retaliações, e si criam novas ideias e novos conhecimentos. Pluralidade, diversidade crítica são a essência da ciência”, afirma o candidato.

Marco Aurélio graduou-se em Ciência da Computação pela UFMS (1992) e fez doutorado em Ciências da Computação pela USP (2003). Atualmente é professor da Facom (Faculdade de Computação). Em 2016 disputou as eleições para reitor pela chapa ‘Movimento Por uma UFMS Diferente e Eficiente – MUDE’, mas acabou perdendo para o atual reitor Marcelo Turine.

Ruy Alberto

Zootecnista pela Universidade Federal de Lavras, Ruy Alberto possui mestrado em Melhoramento Genético Animal e doutorado em Ciências Biológicas, ambos pela UNESP. Atualmente atua como professor da Faculdade de Medicina Veterinária.

Ruy concorre ao cargo de reitor pela chapa ‘UFMS Alternativa’, ao lado da candidata a vice-reitora Luciana Contrera, Professora Associada do Curso de Enfermagem do Instituto Integrado de Saúde.

Processo eleitoral

UFMS Campo Grande
UFMS Campo Grande (Divulgação)

Conforme aprovado pelo Conselho Universitário, órgão máximo da Universidade, a consulta para novo reitor no dia 10 de maio, contará com a participação de professores, técnicos e estudantes da universidade. Vale lembrar que o mandato do reitor Marcelo Turine e da vice-reitora Camila Ítavo segue até 26 de outubro de 2024.

De acordo com a legislação federal e o Regimento do Colégio Eleitoral da UFMS, a escolha dos reitores das Universidades Federais ocorre por meio de processo democrático e participativo, com representação dos segmentos da comunidade universitária e da sociedade.

Na consulta pública à comunidade universitária, os pesos são diferentes para os segmentos da comunidade universitária, sendo 70% para professores, 15% para técnicos e 15% para estudantes.

Após a consulta, o candidato que irá suceder à gestão do atual reitor, Marcelo Turine, será nomeado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Conforme a UFMS, em todas as reuniões com os reitores dos Institutos e Universidades Federais, Lula reafirmou que respeitará as consultas e a eleição das instituições e nomeará o primeiro da lista tríplice.

💬 Receba notícias antes de todo mundo

Seja o primeiro a saber de tudo o que acontece nas cidades de Mato Grosso do Sul. São notícias em tempo real com informações detalhadas dos casos policiais, tempo em MS, trânsito, vagas de emprego e concursos, direitos do consumidor. Além disso, você fica por dentro das últimas novidades sobre política, transparência e escândalos.
📢 Participe da nossa comunidade no WhatsApp e acompanhe a cobertura jornalística mais completa e mais rápida de Mato Grosso do Sul.