Necessário para manter a hidratação do corpo e higiene, o recurso hídrico é fundamental. Já a falta dele é considerado um problema sério que tem sido enfrentado por alunos e funcionários de uma escola pública em .

Conforme denúncia enviada ao Jornal Midiamax, a falta de água tem sido constante na Escola Municipal Professora Iracema de Souza Mendonça, localizada na Rua Belmira Pereira de Souza, no Bairro Universitário. E o problema, segundo relatos, tem ocorrido há meses.

“Isso ocorre desde o ano passado. Não tem água para beber e nem para outras necessidades básicas. Está bem complicado ficar sem água”, relata um leitor que prefere não se identificar.

Procurada pela reportagem do Jornal Midiamax, a Semed (Secretaria Municipal de Educação) disse que o problema ocorre por falta de água na rua, porém, garantiu que funcionários e alunos ficam sem o recurso durante o tempo em que a caixa d'água é abastecida.

Em nota, a Semed também afirmou que não procede a informação de que o problema ocorre desde o ano passado, porém, não informou quando começou a ocorrer a falta de água no local.

O que diz a Águas Guariroba

A reportagem também entrou em contato com a Águas Guariroba e foi informada de que não houve nenhuma reclamação a respeito da situação relatada, no entanto, enviou uma equipe para o local. Quando os técnicos da empresa chegaram a local constataram que o registro que libera água para o reservatório da escola estava fechado.

A empresa também destaca que as reclamações relacionadas aos serviços oferecidos podem ser realizadas por qualquer cidadão por meio do telefone: 0800 642 0115.

Confira a nota na íntegra:

A Águas Guariroba informa que monitora em tempo real os reservatórios responsáveis por manter a abastecimento de água em Campo Grande e não identificou nenhum problema que possa justificar o desabastecimento na referida escola. No entanto, em outra escola deste mesmo bairro, a concessionária já atendeu pelo menos dois chamados por suposta falta d' água e, quando as equipes estiveram para verificar, encontraram o registro desligado. A concessionária se compromete a enviar uma equipe ao local para verificar a raiz do problema e solucionar qualquer transtorno o quanto antes.

Matéria editada dia 5 de março de 2024 para acréscimo de informações.