Nesta sexta-feira (19), segue disponível a imunização contra a dengue em todas as unidades de saúde de Campo Grande, para pessoas entre 6 e 16 anos. A ampliação do público-alvo é uma estratégia temporária para evitar o desperdício de doses com vencimento em 30 de abril.

De acordo com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), Campo Grande tem 1,3 mil doses da vacina contra a dengue disponíveis nas 74 unidades de saúde. A secretaria destaca que como há um estoque reduzido no quantitativo de doses, há a possibilidade de faltas em alguns locais.

A imunização contra a dengue inclui esquema vacinal de duas doses. As primeiras doses foram aplicadas em 11 de fevereiro e existe um intervalo de três meses da primeira para a segunda aplicação – e assim concluir o esquema vacinal.

Para isso, o município deverá receber um novo lote de vacinas do Ministério da Saúde a partir do início do mês de maio, cumprindo, assim, o intervalo recomendado pelo fabricante.

Estratégia temporária

A aplicação das doses vai depender da disponibilidade de cada município. Em caso de necessidade, esta estratégia poderá ser ampliada até o limite etário especificado na bula da vacina dengue, que compreende dos 4 aos 59 anos, 11 meses e 29 dias de idade.

De acordo com o Ministério da Saúde, a modificação da estratégia é temporária, em razão da data de vencimento das vacinas. Mas quem se vacinar nesse cenário, terá sua segunda dose garantida.

“Lembrando que cada município está em uma situação em relação ao estoque e busca pelas vacinas, então é importante verificar junto ao município a faixa etária liberada. Neste momento é de extrema importância levar as crianças para a atualização da caderneta vacinal, para protegê-las e reduzir os riscos de dengue”, acrescentou.