Um depósito de lixo e entulho a céu aberto atrapalha o dia a dia dos moradores da Rua Michael Calarge, no bairro Nashville, em Campo Grande. Os relatos são de abandono por parte da administração municipal, diante da rua não asfaltada e o constante depósito de rejeitos que são deixados na beira da rua.

A reportagem do Jornal Midiamax esteve no local e verificou a situação do bairro, que fica na região sul da cidade. Pode-se observar muito lixo e entulho, como camas, guarda-roupas, sofás, vidros diversos, fios de cobre, além de muito plástico que tem acumulado água e se tornando um potencial local para criadouro do mosquito Aedes Aegypti.

“Aqui é um problema, aqui não tem jeito, a gente cuida e o pessoal continua jogando lixo, é duro. Eles vem de carro a noite aqui, jogam e vão embora e aí fica o fedor pra gente aqui de manhã”, disse Siloé Silveira da Silva, 53 anos, serralheiro.

Ele cobra ações da administração municipal. “Tinha que pegar a placa de quem faz isso, mas não conseguimos ver, vamos perceber só de manhã o lixo; e já era pra estar asfaltado aqui também e nada, eu só acredito vendo”, disse o serralheiro.

Segundo outros moradores, a rua está esquecida pela administração municipal. “A rua é totalmente esquecida, essa situação dificulta muito a nossa vida, é uma complicação”, afirma Ronaldo Rocha Santos, 48 anos, que é dono de uma horta localizada em frente ao depósito de lixo.

Ele conta que até seus negócios tem sido prejudicados com a situação. “É caco de vidro, lixo, cachorro morto, tem de tudo. Tem cliente que não vem na minha horta quando vê a situação aqui. É triste”, afirmou.

A Prefeitura Municipal de Campo Grande foi contatada e questionada quanto ao conhecimento sobre a existência do depósito de lixo e também sobre o possível asfaltamento das ruas do bairro. Até o momento desta publicação, não obtivemos resposta. O espaço segue aberto para posicionamentos.