segue com alta incidência de dengue e na última semana chegou a 6,5 mil casos confirmados da doença e 15 . Em uma semana, houve aumento de uma morte e confirmação de 824 novos casos da doença.

Os dados são do boletim epidemiológico divulgado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) nesta quarta-feira (24). Com a nova morte confirmada, Mato Grosso do Sul supera o número de óbitos (14) registrados em todo ano de 2021. Em , foram 24 mortes e, em 2023, foram confirmadas 43 mortes por dengue no Estado.

Dos 79 municípios, 41 estão com alta incidência para a dengue e outros 27 com média incidência, restando apenas 10 em situação confortável. A situação é mais crítica em , , Laguna Carapã e Antônio João.

A morte mais recente é de uma mulher de 32 anos, moradora de Amambai e sem comorbidades. Ela morreu cinco dias após o início dos sintomas. Amambai é o 6º município com maior número de casos registrados em 2023, sendo 323. lidera com 1.217 casos.