A diarista Cristiane Cardoso Alves, de 38 anos, ficou impossibilitada de trabalhar após ser vítima de acidente enquanto estava na garupa de uma . O corpo ficou cheio de feridas após a Yamaha XTZ ser fechada por uma caminhonete, na Avenida Gunter Hans, no bairro Aero Rancho, em , no dia 17 de janeiro deste ano.

Cristiane estava a caminho de uma consulta médica quando ocorreu o acidente. Ela foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) com várias escoriações pelo corpo. 

“Não está sendo fácil, eu meio que não tenho mais forças no braço esquerdo, sofri lesão na coluna, hoje estou com faixa ortopédica e tenho que ficar 40 dias em repouso, estou ficando na casa da minha mãe porque preciso de cuidados. Não posso subir escadas e nem fazer esforço”, desabafa. 

Cristiane precisa usar faixa ortopédica por 40 dias e não fazer esforço. (Arquivo Pessoal)

Ela toma vários remédios para as dores. Está desalentada sobre o futuro por não poder trabalhar e ficar sem renda, especialmente porque tem uma filha de 9 anos de idade. 

Apesar de o condutor da caminhonete ter afirmado que arcaria com as possíveis despesas em relação às vítimas, até hoje Cristiane não teve nenhuma ajuda do motorista, conforme foi registrado em boletim de ocorrência. “Ele não deu nenhum sinal de vida, não tive nem contato com ele”, afirmou ao Midiamax

Como ajudar?

Os interessados em ajudar a diarista podem contribuir com doações.

  • Chave Pix: (67) 9 9231-5727 
  • Nome: Cristiane Cardoso Alves
  • Banco: Econômica Federal

💬 Receba notícias antes de todo mundo

Seja o primeiro a saber de tudo o que acontece nas cidades de Mato Grosso do Sul. São notícias em tempo real com informações detalhadas dos casos policiais, tempo em MS, trânsito, vagas de emprego e concursos, direitos do consumidor. Além disso, você fica por dentro das últimas novidades sobre política, transparência e escândalos.
📢 Participe da nossa comunidade no WhatsApp e acompanhe a cobertura jornalística mais completa e mais rápida de Mato Grosso do Sul.