A informou que abrirá uma investigação para apurar as causas do acidente que terminou na morte de uma pessoa na subestação de Campo Grande, durante uma tentativa de furto de fiação elétrica na madrugada desta segunda-feira (5).

Em nota, a concessionária esclareceu que, por volta das 4h30, houve indícios que uma tentativa de furto de cabos na unidade da Vila Progresso, causando um curto-circuito dentro da estação.

“Mesmo com avisos no entorno alertando sobre equipamentos de alta tensão, houve a tentativa que terminou na morte de uma pessoa. A Energisa lamenta o ocorrido e abrirá investigação para apuração dos fatos através dos órgãos competentes”.

A concessionária também informou que houve interrupção de na região, sendo totalmente restabelecida às 6h36 desta manhã.

A identificação da pessoa será revelada após investigação da perícia.

Foto: Alicce Rodrigues, Midiamax