A Power China, empresa responsável por grave acidente na Hidrelétrica Jupiá, em , a 334 quilômetros de Campo Grande, fechou acordo com o MPT-MS (Ministério Público do em Mato Grosso do Sul) para o pagamento de R$ 490 mil, quantia estabelecida em um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta).

O valor foi acordado para a reparação dos danos causados pelo descumprimento da legislação trabalhista vigente. A quantia será destinada a entidades sociais, dentre as quais a Rede Feminina de Combate ao Câncer do município.

Além disso, o acordo estabelece uma série de obrigações para a Power China, incluindo a adoção de medidas de segurança para garantir a integridade dos trabalhadores, priorização de áreas exclusivas para circulação de cargas suspensas, e afixação do TAC em locais acessíveis aos empregados, clientes e fiscalização do trabalho.

Entenda o caso

Durante o expediente na usina em dezembro de 2019, uma pá de turbina, que estava sob reparo, caiu sobre o tórax de um trabalhador de 34 anos, submetendo-o a uma pressão de 15 toneladas. Apesar dos esforços de socorro e do encaminhamento ao Nossa Senhora Auxiliadora, a vítima não resistiu aos ferimentos.