Os apaixonados em viajar o Brasil e o mundo, em veículos, estão reunidos, neste final de semana, em Campo Grande. É a terceira edição do “Encontro de Motorhome e Campistas do Pantanal de MS”, que começou na sexta-feira (12) e segue até este domingo (14), nos altos da Avenida Afonso Pena. Na tarde deste sábado, o pessoal realizou um bingo com vários prêmios. E logo mais à noite tem show com a dupla Elvis e Adriano.

No domingo (14), os shows são de pop rock, com a cantora Bia Blanco, e de rock, com Walter Corrêa. Na Vila Morena, estão 127 veículos, a maior parte Motorhomes, e também Trailers, Kombis e outros veículos adaptados. Participam do evento famílias de Campo Grande, de várias cidades de Mato Grosso do Sul e de outros estados, como São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Goiás.

“Sempre gostamos de viajar. Eu e minha esposa viajávamos muito nas férias, com carro de passeio. E nosso projeto era, após nossa aposentaria, ter nosso Motorhome pra viajar pelo Brasil afora”, disse Celso Brumatti, de Nova Andradina.

Ele, que era revendedor de carros, conta que compraram o veículo há três anos e que acabaram de realizar uma viagem de quatro meses, quando rodaram 12 mil KM e passaram por 17 estados do Brasil. “Passamos por Mato Grosso, Goiás, Brasília, Tocantins, Ceará e viemos percorrendo o litoral do nordeste, como Ceará, Maranhão, e depois fomos até o Rio de Janeiro”.

Celso Brumatti, de Nova Andradina. (Foto: Nathália Alcântara).

Celso e a esposa, Sônia, também fazem parte do grupo ‘Bodes Motorhome’, que conta com cerca de 280 integrantes de 21 estados do Brasil. Questionado sobre por que viajar em um Motorhome, relatou vários motivos que fizeram o casal decidir por esta opção de vida. “Muito bom por causa da liberdade, para fazer novas amizades, conhecer lugares e culturas diferentes e também pra divulgar nosso Mato Grosso do Sul. O nome do nosso Motorhome é “Tuiuiú” e onde vamos, temos orgulho de dizer que somos do Mato Grosso do Sul”. O veículo é equipado com máquina de lavar, fogão, cama e o casal ainda leva uma motocicleta atrás do Motorhome.

A reportagem do Midiamax também conversou com o Coronel aposentado da Polícia Militar de Goiás, Airton Vieira da Silva, que veio direto da Argentina, juntamente com a esposa, para o encontro aqui em Campo Grande. “Ficamos viajando durante 60 dias, de norte a sul na Argentina, rodamos cerca de 15 mil KM. Foi uma viagem muito boa, conhecendo as pessoas, a cultura, a gastronomia, os vinhos daquele país”, falou Airton.

O Coronel aposentado comentou que o Motorhome é mais cômodo, pois dá mais oportunidades para saborear comidas diferentes, oferece mais liberdade para ir aos locais, do que ir de carro ou de moto. “É uma casa ambulante, então nada melhor do que estar viajando e estar em casa sempre. Podemos viajar pra onde quisermos, sem se preocupar com horários e nem com reservas de hotel e nem lugar pra comer, temos muito mais autonomia”.

A ideia dele e da esposa é seguir viajando. Eles estão se preparando agora para ir ao Peru, onde já foram com carro de passeio, mas agora pretendem viajar todo aquele país com Motorhome. “Vamos aproveitar a vida, viajar bastante, depois de 30 anos trabalhando numa profissão perigosa, que é a Polícia Militar, a gente se dá o luxo agora de curtir a aposentadoria”, concluiu.

Liberdade e interação

O encontro é realizado pelo NC Motorhome e tem apoio da prefeitura de Campo Grande, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo. “É um momento para a gente confraternizar e para a população também conhecer os veículos. Já outras pessoas têm interesse em comprar e aqui tem empresas para fazer demonstrações de Motorhomes à venda. Fazemos trocas de experiências, informações, papos descontraídos”, são as palavras do organizador do ‘3º Encontro de Motorhomes e Campistas de MS’, Nabor Coelho.

Motorhome do Coronel aposentado, Airton. (Foto: Nathália Alcântara).

Em 2022 RS, ele foi até à região do nordeste brasileiro, viajou durante ‘8 meses direto’. “Cada ano, a gente sai pra uma região, dependendo da disponibilidade. Aqui, a gente tem membros de diferentes regiões do Brasil, que já viajaram por vários países, como: Peru, Argentina, Bolívia, entre outros”.

Além dos participantes dos diferentes estados, estão presentes também, pessoas de 15 cidades de Mato Grosso do Sul. “Temos, ainda, brinquedos para as crianças, gratuitamente, e muitos donos abrem as portas para mostrar os veículos. O pessoal pode vir e conferir, tem veículo de R$ 50 mil a r$ 1.300 milhão”.