Moradores e pequenos agricultores da região de Bandeirantes, a 68 quilômetros de , compartilham medo e contabilizam prejuízos com deterioração de ponte de madeira sobre o córrego , na área rural do município. Segundo denúncia, há anos a travessia dá sinais de que pode ceder a qualquer momento.

De acordo com morador, o trecho que liga a zona rural à cidade é usado para escoar a produção de famílias que trabalham na região. Em imagens feitas no local, é possível notar que a ponte tem diversas marcas de remendos e várias partes quebradas.

“Sou pequeno agricultor e não tem como passar. Como vamos escoar nossos produtos?”, questiona. 

Em depoimento, o trabalhador afirma que já perdeu pelo menos três sacas de sementes que caíram no córrego durante tentativa de travessia. “Está tudo podre onde passa a beirada do maquinário. As pranchas são finas, estão quebradas e vários caminhões que escoam a safra de estão impedidos de passar”, comenta.

Com a realidade, pessoas que vivem na região colecionam prejuízos. “Nós agricultores já estamos com muita dificuldade de colher a soja por causa da chuva, agora, estamos perdendo porque não dá para passar na ponte”, finaliza. 

O Jornal Midiamax tentou falar com o prefeito de Bandeirantes, Gustavo Sprotte, e com a Prefeitura da cidade, e não conseguiu contato. O espaço segue aberto para retorno sobre a situação da ponte. 

💬 Receba notícias antes de todo mundo

Seja o primeiro a saber de tudo o que acontece nas cidades de Mato Grosso do Sul. São notícias em tempo real com informações detalhadas dos casos policiais, tempo em MS, trânsito, vagas de emprego e concursos, direitos do consumidor. Além disso, você fica por dentro das últimas novidades sobre política, transparência e escândalos.
📢 Participe da nossa comunidade no WhatsApp e acompanhe a cobertura jornalística mais completa e mais rápida de Mato Grosso do Sul.

Saiba Mais