Tempestade de chuva e de poeira encobriu o céu na região do em , a 139 quilômetros de na sexta-feira (29). foi a região mais quente do país neste dia, com temperaturas que ultrapassaram os 40°C.

Conforme o portal Climatempo, chegou a registrar 42,3°C. A instabilidade que se formou sobre o e avançou para Mato Grosso do Sul acabou formando a tempestade na região de Aquidauana.

Vídeo feito por voluntários do Instituto Homem Pantaneiro registrou uma tempestade de areia que encobriu o céu na região de Acurizal, no Pantanal. Em Aquidauana, o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) registrou 120mm em apenas duas horas.

Em três horas foram registrados 162,4mm. A tempestade ocorreu entre 22 horas da sexta-feira e 1 hora deste sábado (30). Também segundo o Climatempo, a média de chuva em Aquidauana em dezembro é de 192mm.

Com isso, em três horas a cidade registrou volume de chuva aproximado de um mês. A tempestade de poeira foi observada no começo da noite, por volta das 19h30, causada pela instabilidade que avançou da fronteira para Mato Grosso do Sul.

A grande área de instabilidade é formada por um conjunto de nuvens do tipo cumulonimbus que se deslocam ao mesmo tempo. As correntes de vento descendentes que saem destas nuvens provocam a chamada “frente de rajada”.

Estes ventos fortes atuando em uma grande área onde o solo estava seco, com poeira solta, levantaram a “cortina de poeira”.