Boing 737-800 que tinha como destino o Aeroporto Internacional de passou por um incidente, no último domingo (14), ao decolar no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, e precisou cancelar a decolagem.

No momento em que o avião fazia a aceleração para decolar, por volta de 16h40, o motor esquerdo emitiu um barulho de explosão e a fumaça pode ser vista na pista. As imagens foram flagradas pelo canal Golf Oscar Romeo, que transmite pousos e decolagens ao vivo.

Confira no início do vídeo:

Logo após a controladora autorizar a decolagem do voo da Gol 1490, o piloto informa que aborta a e mantém o avião na pista. Questionado pela controladora sobre o motivo, o piloto reporta que teve uma falha no motor.

Do Controle de Tráfego, a profissional pergunta ao piloto sobre detritos na pista, pois o Corpo de do aeroporto ouviu um “grande estrondo”, ao que o piloto recomenda fazer uma inspeção na pista. “Torre, apenas para informação, houve uma explosão”, diz o piloto.

Pouco depois, também foi possível ouvir a controladora perguntando ao piloto da Gol se ele achava que havia possibilidade de ter deixado detritos na pista, pois os bombeiros informaram que ouviram um grande estrondo, ao que o piloto confirmou que seria recomendado fazer uma inspeção da pista.

Segundo o Aeroin, o avião foi levado para o pátio e, mais alguns minutos a frente, o veículo da foi visto inspecionando a pista. Às 16h55 as operações foram liberadas.

As operações na pista principal foram paralisadas por cerca de 20 minutos por conta do incidente, e diversos voos foram desviados outros aeroportos ou ficaram voando na órbita de Congonhas enquanto aguardavam a liberação para pouso.

O voo 1490 é realizado todos os dias e, nesta quinta-feira (18), no mesmo horário, o avião pousou em , como previsto pela Infraero.