Vídeos impressionantes mostram a detonação de rochas próximo à ponte sobre o rio Dois Irmãos do Buriti. A controlada é de responsabilidade da Construtora São Cristóvão, que executa a de implantação e pavimentação da MS-347.

Ao todo, a construtora utilizou 2,20 toneladas de dinamite, a explosão ocorreu nesta terça-feira (23).

Segundo o fiscal da obra, o engenheiro Ivan Marcondes, esta foi a primeira de quatro detonações que serão realizadas no trecho, com o total de 12 toneladas de explosivo.

O objetivo das detonações é remover as subidas e descidas do percurso sobre as rochas, tornando o trajeto mais confortável e seguro.

“A explosão foi feita logo depois da ponte sobre o braço esquerdo do rio. Ali tinha uma rampa de pedra muito alta e foi necessário deixar no mesmo nível para dar mais segurança à rodovia”, explicou.

Para realizar a detonação, a construtora afirma ter montado um esquema de segurança, isolando a área e desligando a da região temporariamente. Além disso, afastaram o gado da região e interromperam o tráfego de veículos e pessoas.

Obra com explosão autorizada no ano passado

O Governo de Mato Grosso do Sul autorizou a obra de pavimentação de 33,96 quilômetros da MS-347 em novembro do ano passado. Entretanto, o avanço dos serviços ocorreu apenas neste ano, após o período das chuvas.

Até o momento, são 8% de execução, com prazo final para entrega em novembro de 2024, conforme contrato.

Este é o lote 1 da obra, que recebe R$ 85,8 milhões de investimento do Governo do Estado. Além da pavimentação, serão construídas duas pontes de concreto no trecho, que sai de rumo a Nioaque.