Estradas se tornam espelho d’água com a cheia do . Assim, amantes de aventuras aproveitam para fazer expedições no Pantanal após acima da média no início deste ano.

Maior planície alagável do mundo, Pantanal tem parte do território em Mato Grosso do Sul. Desde o começo de 2023, parte do Estado foi atingida por grande volume de chuva.

Então, grupos de Off-Road usam carros 4×4 para vencer a barreira natural de água. Com as estradas alagadas e a vegetação vívida, registram cenas impressionantes do Pantanal.

Nos vídeos é possível ver que a água atinge a altura da janela dos carros — que tem como característica a altura. Mesmo em poucos instantes, os registros surpreendem com a beleza natural.

Período de chuva e paisagens deslumbrantes

As águas são uma das principais características do Pantanal, a maior planície alagável do mundo. Em 2023, as águas voltaram ao bioma após anos de estiagem, provocando cenas incríveis e que surpreendem até mesmo quem é acostumado com o Pantanal.

As águas que hoje invadem as planícies, estradas e mostram o Pantanal cheio, estiveram escassas nos últimos anos. Desde 2019 o Pantanal vive tempos de estiagem, sem alagar como antigamente e com aumento exponencial das queimadas.

Pesquisador da Embrapa Pantanal, Carlos Roberto Padovani, explica que é possível afirmar que está havendo inundação no Pantanal de Mato Grosso do Sul, principalmente devido as chuvas no Planalto e Planície.

“Mato Grosso do Sul saiu do padrão de estiagem, porém o rio no norte na bacia continua em estiagem”, explica Padovani ao detalhar que devido a grande extensão do Pantanal, a realidade não é a mesma nas regiões norte e sul.

“Em 2023 está acontecendo que as bacias hidrográficas do sul do Pantanal estão recebendo mais chuvas que as bacias do norte do Pantanal, o contrário do que normalmente ocorre”, destaca o pesquisador. Na prática, as inundações acontecem de Ladário para baixo do Estado.

Confira vídeos de expedições no Pantanal:

Saiba Mais