A chuva de poucos minutos, registrada em Campo Grande neste domingo (10), provocou alagamentos em diferentes regiões da cidade. Além de casas invadidas pela força da água, moradores ficaram ilhados, sem conseguir sair de casa por causa do barro. 

Na área sul, o Bairro Los Angeles foi um dos mais atingidos pelo temporal. No cruzamento das ruas Manoel Pereira de Souza e Coronel Moreira Cézar, conveniência foi invadida pela água barrenta. 

“A chuva acabou com a rua, está cheio de buraco e tem uma cratera enorme que é um perigo para quem passa. Meu comércio é de esquina e vem muita terra, poderiam pelo menos passar uma máquina aqui”, comentou comerciante do bairro. 

Próximo à área, na Augusta Rossini Guidi, moradora descreve cenário que se repete todas as vezes que chove na cidade. “Choveu 10  minutinhos e parece o Rio Aquidauana. Como sai de carro ou a pé em um rio desse?”, desabafa. 

Em imagens feitas por ela é possível ver a rua tomada pela enxurrada. Perto dali, um carro aparece atolado no barro formado na via. 

Bueiros não suportaram volume de água no Rua Moçambique, no Bairro Iracy Coelho III. (Foto: Nathalia Alcântara, Jornal Midiamax)

No Bairro Jardim das Meninas, morador da Rua Gumercindo Garcia Barbosa teve todo o quintal e a casa invadida pela água. “Toda vez que chove é assim, a água está tomando conta de tudo”, afirmou.

O mesmo na José Peixoto, onde nem mesmo motoristas tiveram coragem de arriscar travessia na rua tomada por forte enxurrada. “Meu quintal é só água, meu muro já caiu e a lateral da minha casa está afundando. Não sei mais o que fazer”, comentou moradora.

Segundo previsão do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), até às 10h de segunda-feira (11), todas as cidades de Mato Grosso do Sul estão sob alerta de tempestade. Até lá, são esperados ventos de até 100 quilômetros por hora e acumulado de chuva de até 100 milímetros.