Colchão, o clássico sofá e muito entulho de obras formam o kit dor de cabeça que tem incomodado moradores da Rua Clarice Lispector, no Tarsila do Amaral. Há quase dois anos, terreno abandonado virou ponto de descarte de lixo e a falta de limpeza, aliada ao desrespeito, fez com que a área virasse verdadeiro ‘lixão’ bem no meio do bairro.

Foto: Fala Povo

“É na frente da minha casa e a gente não aguenta mais. Já está aparecendo escorpião, e todo tipo de bicho aqui, inclusive, já quase foi mordida e picada por inseto”, comenta a fiscal de caixa Ângela Pereira Carvalho.

Em imagens feitas pela moradora é possível notar o local com mato alto e tomado por lixo. Segundo ela, a situação se arrasta por quase dois anos. “Pessoal da Prefeitura disse que viria limpar, mas até agora nada. Não aguento mais”, desabafa. 

Em Mato Grosso do Sul, lei estadual prevê de R$ 3 mil para quem faz descarte irregular de lixo em área pública. 

O Jornal Midiamax questionou a Prefeitura sobre a situação na rua e aguarda retorno.

💬 Receba notícias antes de todo mundo

Seja o primeiro a saber de tudo o que acontece nas cidades de Mato Grosso do Sul. São notícias em tempo real com informações detalhadas dos casos policiais, tempo em MS, trânsito, vagas de emprego e concursos, direitos do consumidor. Além disso, você fica por dentro das últimas novidades sobre política, transparência e escândalos.
📢 Participe da nossa comunidade no WhatsApp e acompanhe a cobertura jornalística mais completa e mais rápida de Mato Grosso do Sul.

Saiba Mais